Noticias

13/11/2018

Saiba o que pensam os fundos de investimento para o cenário do agronegócio

Este será mais um dos importantes temas do Agrobit Brasil, que acontece em Londrina dias 20 e 21 de novembro

 

A visão dos fundos de investimento para cenário do agronegócio é um dos importantes assuntos na programação do Agrobit Brasil 2018, que será realizado em Londrina, dias 20 e 21 de novembro, no Parque de Exposições Ney Braga. Na entrevista abaixo, o sócio mentor da Smart Value Investiment, Guy Mitsuyuki Tsumanuma, adianta um pouco da visão do setor, itens que serão aprofundados no painel que contará com a participação de  Lucas Ferreira Lima, do Sebrae, como moderador; e de Marcel Malczewski, da M3 Investimentos; Maíra Rabelo, da  LM Ventures e Guy Tsumanuma, da  Smart Value Investiment, como debatedores.

O painel acontece na Arena AgroConexão (na área de exposição), das 17 às 18h20, no dia 20 de novembro. O Agrobit Brasil será realizado no Parque de Exposições Ney Braga e toda a programação pode ser conferida no  site agrobitbrasil.com.br.

Há interesse crescente nesse segmento no país?

Sim, o agronegócio, um dos pilares da economia, é visto como um dos principais caminhos para a consolidação da liderança internacional brasileira. Setor superavitário da balança comercial nacional, o agronegócio representa 23,5% do PIB. Poucos países no mundo têm possibilidade de ampliar sua produção de alimentos de forma sustentável para uma população mundial crescente como o Brasil. Dentro deste cenário, altamente atrativo, o desenvolvimento de tecnologias e soluções para tornar a cadeia produtiva de alimentos mais eficiente, tem chamado muita atenção tanto destes novos empreendedores como de investidores, tendo inclusive capital estrangeiro sendo aportado neste segmento.

Que tipos de projetos têm chances de mais sucesso?

O agronegócio é um mercado amplo e tem muitas oportunidades, então é difícil dizer quais projetos têm mais chance de sucesso, mas com certeza ela precisa passar por alguns critérios de avaliação como: bons empreendedores, resolver um problema do mercado, ter uma solução diferencial, uma boa análise financeira e ter potencial de saída. Particularmente, avaliamos a nossa força como grupo de investimento, no caso  da Smart Value, pra ver se temos aderência e de que forma podemos realmente colaborar para o sucesso da startup antes de aportarmos ou mesmo indicar para outro fundo.

Como acessar esses fundos de investimento?

Startup saber o que realmente quer: ter tudo muito bem descrito, planejado, explicado; procurar fundo que valoriza e tem aderência com a solução proposta; estudar a página/site/rede social do fundo para submeter ou entender os critérios para atender o que é solicitado; participar de eventos com investidores para tirar suas duvidas sobre como trabalha o fundo de investimento ou mesmo conversar com as empresas aportadas para verificar também se este fundo seria bom para a startup.


 

 



voltar para página anterior