Noticias

12/12/2017

Audiência pública vai discutir duplicação da PR 445

Sociedade Rural do Paraná recebeu comissão de infraestrutura

Em reunião na Sociedade Rural do Paraná, a Comissão de Desenvolvimento e Infraestrutura da Região de Londrina discutiu a duplicação da PR-445 até o distrito de Irerê, o Contorno Norte de Londrina e as obras de ampliação e modernização  do Aeroporto Governador José Richa.

Criada em julho deste ano por iniciativa do deputado estadual Tiago Amaral (PSB), o presidente da Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina),  Claudio Tedeschi, e representantes da Sociedade Rural do Paraná, CEAL, Sindimetal e Sinduscon Norte, a comissão está voltada para  o acompanhamento e priorização de obras para o desenvolvimento de Londrina e região, principalmente no que diz respeito à logística e transportes.

Na sexta-feira, dia 8, durante a quinta reunião da comissão em 2017, foi anunciada a audiência pública sobre o projeto da duplicação da PR-445 até Irerê. A audiência é necessária em função do valor da obra que está em fase de orçamento pelo DER. A audiência será no próximo dia 21 de dezembro, às 14 horas, na sede do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná), em Londrina. De acordo com o diretor de Operação do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) no Paraná, Paulo Montes Luz, caso não ocorram questionamentos que demandem mudanças significativas no projeto elaborado pelo DER, o edital de licitação da obra poderá ser lançado ainda neste ano e a duplicação deve ser iniciada no ano que vem. "O Nelson (Leal Junior, diretor geral do DER no Paraná) pediu prioridade total a esse projeto. A ideia do governo é licitar a obra ainda em 2017", ressaltou Luz. 


A obra terá 15,28 quilômetros de extensão e prevê a duplicação de pontes, num custo estimado em torno R$ 200 milhões. Os recursos serão liberados pelo governo do Estado e a previsão de conclusão é de cerca de dois anos. A duplicação da rodovia é uma demanda antiga em razão do alto  número de acidentes e foi definida como prioridade pela Comissão de Desenvolvimento e Infraestrutura. "A comissão tem a capacidade e o objetivo de congregar forças nas prioridades de Londrina e região”, explicou Tiago Amaral. "A comissão planejou 30 ações e dessas, 80% já foram executadas. Além da duplicação a comissão e DER  avaliam a melhoria em pontos críticos até Mauá.

Contorno Norte e Aeroporto de Londrina


Além da duplicação da rodovia, a comissão discutiu o Contorno Norte, obra de extrema importância para a o desenvolvimento industrial da região Norte do estado, que foi dividida em 3 etapas. O projeto do trecho 3, que vai da PR-445 até a entrada da BR-369, em Cambé, está concluído. É o maior trecho, com 13 km. O projeto do trecho 1 – que começa na interseção da PR-862 até a entrada da PR-545 – foi entregue no final de novembro ao DER. O trecho  tem 10,7 km. O  projeto do trecho 2  entre PR-545 até a  PR-445 – será entregue em dezembro. O trecho tem 8,5 km. ”Os projetos foram entregues nos prazos combinados entre a comissão e a concessionária Econorte", destacou Tiago Amaral. 

“Nós estamos falando de um contorno de uma rodovia federal, portanto, ela seria responsabilidade do governo federal. No entanto, temos que buscar as alternativas para realizar a obra. O governo do estado se comprometeu a dar início a esta grande obra, realizando um dos trechos, e deu autonomia para a comissão formada pela sociedade civil organizada e por mim enquanto político de tomar a decisão sobre qual trecho deverá ser feito primeiro. Essa decisão passará por análise de critérios. Um deles é o critério de trecho com maior potencial para o desenvolvimento econômico e também aquele que melhor atenda a mobilidade da região. Esses dois critérios que serão levados em consideração para a tomada de decisão que será feita até janeiro”, comentou deputado Tiago Amaral (PSB). 

O superintendente da Infraero Ademir Gauto apresentou o projeto de ampliação da pista de pouso e decolagem e modernização  do Aeroporto Governador José Richa, que inclui também a instalação de equipamentos para auxiliar a navegação aérea. A ordem de serviço para a elaboração do projeto executivo, que será licitado, foi assinada e na segunda-feira, dia 4, começaram os trabalhos.

A reunião contou  com Concessionária Econorte, do superintendente Regional do DER Sergio Selvatice e outros convidados representantes do legislativo, prefeituras, governo e secretarias e sociedade civil organizada, por se tratar de uma reunião de fechamento dos trabalhos de 2017. Seis integrantes fixos e mais de 50 pessoas no total já participaram das reuniões, incluindo representantes de secretarias e de municípios vizinhos.

Para o vice-presidente da SRP, Antônio de Oliveira Sampaio, "em pouco tempo nós avançamos muito. A comissão une pessoas com o objetivo de desenvolvimento de Londrina e região. É o que queremos: que nossa região avance e se desenvolva".

O presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, Mario Takahashi, destacou a objetividade da comissão. "Se for sintetizar o trabalho desta comissão em uma palavra eu destaco a objetividade. A comissão está vencendo os obstáculos com objetividade", comentou.   

 

Principais projetos já discutidos pela Comissão nas reuniões

  • Contorno Norte: apresentados os 3 trechos e já entregue 2 trechos ao DER, com acompanhamento dos prazos pela comissão
  • Aeroporto de Londrina: apresentação da situação das desapropriações dos terrenos e do projeto de ampliação e modernização. 
  • Duplicação PR-445: projeto de duplicação até Irerê para edital para obras e avaliação de melhoria de alguns trechos mais perigosos, com maior número de acidentes.
  • Acompanhamento de outras obras importante para Londrina e região, como as passarelas na PR-445, viadutos na Bratislava e Grêmio e recuperação das marginais da PR-445.

 



voltar para página anterior