Dia Mundial do Meio Ambiente

O campo no apoio as questões ambientais

Dia Mundial do Meio Ambiente Foto Ferreira. Embrapa Trigo

Nesta sexta, 5 de junho, se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi criada em 15 de dezembro de 1972 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia, em que se discutiu o Ambiente Humano. A data é sempre uma lembrança para que o mundo fique atento à preservação da natureza. Na atualidade, as discussões se voltam para as questões climáticas, depredação, capacidade de regeneração da natureza, agropecuária sustentável, entre vários assuntos.

Hoje, o produtor rural é um grande aliado do meio ambiente ao contrário do que se costuma propagar, atuando diretamente na preservação do campo, já que é dele que retira seu sustento. O assunto no Brasil é bastante discutido e de grande relevância e trechos da matéria veiculada no Jornal “O Presente Rural” a qual reproduzimos abaixo, mostram o quanto a agropecuária nacional evoluiu nas questões ambientais.

“Dados e números comprovam que os produtores rurais brasileiros, juntamente com as empresas e indústrias têm nos últimos anos adotado diversas ferramentas e tecnologias para reduzir o impacto e os danos ambientais. Segundo dados do Ministério da Agricultura, em 40 anos, por exemplo, enquanto a área ocupada pela agricultura aumentou 33%, a produção cresceu em torno de 386%, isso graças a adoção de soluções de inovações e sustentabilidade.

Recentemente a Embrapa Territorial apresentou números globais de preservação ambiental. O estudo comprova que o Brasil alcançou o status de líder mundial de produção e exportação de diversos produtos agrícolas, preservando suas matas e florestas. Entre os 10 países no mundo com mais de 2 milhões de quilômetros quadrados, o Brasil é o único que protege três vezes mais o seu território natural. Ou seja, no total, juntando áreas protegidas e preservadas somam-se 49,8% do Brasil. O estudo comprovou ainda que o Brasil utiliza apenas 30% de suas terras para a produção agropecuária.”

A Sociedade Rural do Paraná enquanto entidade que representa o produtor rural e atividades agropecuárias sempre apoiou e gestionou para a preservação do meio ambiente.