Transmissão on-line

Lideranças destacam papel da SRP em live

Transmissão on-line

O aniversário de 74 anos da Sociedade Rural do Paraná foi tema de live realizada pela Revista Agrícola, na manhã desta segunda-feira (29), com a participação do presidente da entidade, Antônio Sampaio; do coordenador da Agro Valley, George Hiraiwa; e do diretor da Embrapa Soja, José Renato Bouças Farias.

Com mediação do editor-chefe da revista e CEO do Grupo Manancial, Marcelo Souza; e participação da jornalista da revista, Agatha Zago, a trajetória de crescimento e representatividade da Rural (como a entidade é conhecida) foi destacada e enaltecida pelos participantes, especialmente, por sua capacidade de acompanhar e se adequar às mudanças impostas ao longo do tempo.

“Não é à-toa que chegamos aos 74 anos. Gosto de citar um pensamento de que o que sobrevive não é o mais forte e sim o que melhor se adapta a mudanças. Eu vejo a SRP assim. Estamos sempre antevendo, acompanhando e nos adaptando aos novos tempos”, comentou Sampaio para mencionar o papel importante que a entidade tem hoje no fomento a novas tecnologias voltadas ao agronegócio.

 Sampaio mencionou que, embora a SRP seja mais conhecida do grande público pela realização da ExpoLondrina, o seu trabalho vai bem além. “Nossa função é  defender o interesse do produtor rural e temos forte atuação política. Conversamos com os políticos para mostrar nossa versão de cada problema que aparece. Também nos envolvemos, junto com outras importantes entidades, de discussões que envolvem a cidade e que dizem respeito ao bem comum”, mencionou. Sampaio também lembrou que o Parque Ney Braga é um centro de eventos e que, portanto, ajuda a movimentar a economia regional.

George Hiraiwa ressaltou que a SRP tem legitimidade, neutralidade e liderança para falar do agro e lembrou que em 2016 foi realizado o primeiro Hackathon do Agro dentro de uma exposição agropecuária. O primeiro hackathon da ExpoLondrina foi o pontapé inicial para tornar Londrina uma forte referência na produção de tecnologia voltada ao agronegócio. O trabalho iniciado em 2016 rendeu frutos, como, por exemplo, a instalação do primeiro Polo de Tecnologia do Agro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Parque Ney Braga; a Governança do Agro, que se reúne quinzenalmente na Rural para traçar estratégias que possam tornar o setor mais competitivo, etc.

José Renato Bouças Farias parabenizou a Rural e destacou sua importância na luta para trazer para Londrina a unidade da Embrapa-Soja. “Temos uma longa parceria com SRP. Nossa missão é produzir tecnologia para tornar o agro mais competitivo e a Rural sempre foi nossa fiel parceira nessa missão”, disse.

Antonio Sampaio lembrou que é o 33º presidente da Rural e reverenciou o trabalho de todas as diretorias que o antecederam na consolidação do importante papel da entidade, destacando que o trabalho dos diretores é totalmente voluntário.