Produção de Tilápias

Frigorífico em Alvorada do Sul fortalece produção de tilápias na Bacia Capivara

Produção de Tilápias Frigorífico de Tilápias de Alvorada do Sul / Foto: divulgação Ag. de Notícias do Paraná

O frigorífico de tilápias inaugurado em Alvorada do Sul vai fomentar a produção de peixes em toda a região, criando mais possibilidades de renda para produtores rurais e empresários da piscicultura. O frigorífico foi inaugurado na manhã de quinta-feira, 22, com a presença do governador Ratinho Junior secretários estaduais, prefeitos, vereadores, lideranças e diretores da Cocari. A cooperativa vai administrar a unidade e apoiar produtores com insumos para criação e colocação da tilápia no mercado consumidor com a marca Aurora. O investimento no abatedouro foi de R$ 6 milhões, com recursos municipais, estaduais e federais.

“É um importante instrumento de fortalecimento da atividade. Os mananciais e represas da Bacia Capivara favorecem a criação em tanques de redes e tanques escavados. Muitos municípios podem ser beneficiados com as tilápias”, disse o deputado estadual Tercilio Turini, presente a inauguração. A capacidade inicial de abate é de 6 toneladas turno/dia, podendo ser triplicada. Atualmente Alvorada tem 20 produtores no método tanque rede, além de vários outros com tanques escavados. Primeiro de Maio, Sertanópolis e outros municípios também produzem tilápias. O aproveitamento do peixe é quase total: carne, couro e dejetos. Estima-se que para cada emprego no frigorífico, outros dois são gerados na beira do rio.

Para Antonio Carlos Barreto, chefe do núcleo regional da Secretaria de Agricultura em Londrina, a integração entre cooperativas e piscicultores deve gerar um impulso notável na renda dos municípios envolvidos. Em sua fala, o Governador Ratinho Junior enfatizou que “qualquer lugar do mundo só vira uma potência quando descobre o que faz de melhor. No Paraná, o que sabemos fazer de melhor é produzir alimentos”.  “È uma oportunidade de renda e gente trabalhando na roça, na criação, nos frigoríficos ou na cadeia inteira. Agora, miramos na face Norte do Paraná, com aproveitamento racional das águas do Rio Paranapanema", acrescentou o secretário estadual de Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.

O Paraná lidera a produção nacional de tilápias e vem ampliando a atividade, colocando a região sul como líder na produção no país. Em 2020 o estado produziu 166 mil toneladas, um aumento de 14% em relação a 2019. Hoje a tilápia responde por mais de 80% da produção da piscicultura no Paraná e os dados da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR) mostram que seis em cada dez peixes cultivados no Brasil são tilápias e o país é o 4º maior produtor desta espécie de peixe. Os principais compradores internacionais são Estados Unidos, Chile, China e Japão.

Segundo o diretor de Aquicultura da Sociedade Rural do Paraná, Ricardo Neukirchner, também presidente do Conselho de Administração da Peixe BR, o  frigorífico de tilápias da Cooperativa Cocari (Aurora) vai trabalhar no sistema de integração como os Frigoríficos do Oeste do Paraná, sendo muito importante para o desenvolvimento da piscicultura no norte do Estado. “No Oeste temos a Copacol e a CVale com o mesmo modelo. Juntas abatem umas 400 toneladas dia de tilápias”, completou.

Fontes: ANP e Ascom dep. Esadual, Tercílio Turini

Produção de Tilápias

Governador Ratinho Junior e o diretor de aquicultura da SRP, Ricardo Ricardo Neukirchner durante a inauguração do frigorífico em Alvorada do Sul

 

Produção de Tilápias

Visão interna do frigorífico de tilápias/Foto: divulgação/ANP