Aniversário

SRP comemora 73 anos de criação e de muita história

Aniversário Julgamento de nelores na ExpoLondrina / Equipe Elvira Alegre

 A Sociedade Rural do Paraná comemora nesta quarta-feira, 19 de junho, 73 anos de história. Uma história de conquistas com foco nas prioridades e interesses dos agropecuaristas.

A SRP, através de suas diretorias e conselhos vem, nas últimas décadas, gestionando pelo interesse de seus sócios e também da sociedade civil organizada do Estado, se consolidando como uma das referências como entidade.

Lutas como a duplicação da PR-445, melhorias no aeroporto de Londrina, Contorno Norte, entre outras foram encampadas pela entidade em parceria com outras representações, por serem demandas prioritárias para o crescimento da economia e desenvolvimento regional. O posicionamento contrário da SRP em relação ao Paraná Livre de Aftosa Sem Vacinação (independente de outros Estados) deixa claro que a entidade prioriza o planejamento responsável da atividade e o produtor rural.

Nestes 73 anos, a Sociedade Rural do Paraná acompanhou e sempre apoiou as inovações sustentáveis do setor. Durante a ExpoLondrina - um dos principais eventos de negócios e lazer do Brasil, o qual realiza – o investimento em eventos técnicos científicos cresce a cada ano. A entidade acredita ser indispensável a integração do agronegócio com a Tecnologia da Informação (TI).

Em 2017, inaugurou a Aceleradora Go SRP Agritech em parceria com o Sebrae e Senai, que faz parte do Programa SRP VALLEY, focado em tecnologia e projetos para o agronegócio, resultado da ExpoLondrina 2017, edição que marcou a união destas duas frentes. O programa engloba o Pavilhão Smart Agro, o Hackathon Smat Agro, a Aceleradora Go SRP Agritech e o Coworking SRP.

História

A história da SRP começou com a criação da Associação Rural de Londrina (ARL – 1946) e teve como primeiro presidente Hugo Cabral (também prefeito de Londrina). Em 1955, a ARL realizou a 1ª Exposição de Pecuária e a 2ª Agrícola no Jockey Club de Londrina (a 1ª Agrícola foi no mercado Shangri-lá). A primeira compra de terras para montar o Parque Ney Braga foi escriturada em 1958. A construção da sede e dos primeiros pavilhões, muitos deles doados por pioneiros, iniciaram em 1961. A entidade passou a se chamar SRP em 1970. Hoje o Parque Ney Braga é referência para eventos e ações políticas do segmento.

Faz parte ainda do “currículo” da entidade o início da parceria com a ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) em 1962, as negociações para a criação do IAPAR em Londrina, em 1972, e das discussões para a criação da Embrapa Soja, um apoio claro à pesquisa. Ações administrativas e políticas da SRP ajudaram o país a ter uma pecuária e agricultura fortes. Boa parte desta história se encontra no Museu da SRP, inaugurado em 2010, no Parque de Exposições Ney Braga.

“É uma história construída com a participação de muitos e de vários segmentos em diversas esferas. Uma história que devemos nos orgulhar”, disse o atual presidente da SRP, Antonio Sampaio. Com 73 anos, a Sociedade Rural do Paraná realizará, em 2020, a 60ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina.

SRP comemora 73 anos de criação e muita história