Parque Ney Braga recebe troféu Top de Marcas 2019

Diretores social e comercial representaram a SRP no evento de premiação

Parque Ney Braga recebe troféu Top de Marcas 2019 A diretora Silvana Kantor recebendo o certificado e troféu / divulgação

O Parque de Exposições Ney Braga ficou em primeiro lugar no Top de Marcas 2019 na categoria LOCAL PARA EVENTOS, dentro do segmento “Turismo & Lazer”.  O Top de Marcas Londrina é realizado pela CR Comunicação, está em sua 24ª edição e a pesquisa de mercado que traz as marcas mais lembradas pelo londrinense é realizada pela Litz Estratégia. A premiação foi no início de novembro, em um evento no Buffet Planalto e a diretora social, Silvana Kantor, da Sociedade Rural do Paraná, entidade mantenedora do Parque, representou a SRP recebendo prêmio.

Segundo a direção da SRP, o reconhecimento do público pelo Parque Ney Braga é fruto de um trabalho de diretores, equipes e sócios e resultado da realização da ExpoLondrina, o maior evento que o Parque recebe anualmente. Acreditam também que esta lembrança se deva a oferta de espaço – 500 mil metros quadrados de área – que permite uma diversidade de eventos, além de recintos, galpões, pavilhões, casas, ou seja, uma boa estrutura num mesmo local, que possibilita até a realização de eventos simultâneos. Hoje são realizados cerca de 200 ao ano. A infraestrutura que o Parque Ney Braga oferece no atendimento a estes eventos, também faz a diferença.

Troféu Top Conexão

 

Parque Ney Braga recebe troféu Top de Marcas 2019

Durante o evento Top de Marcas 2019 o município de Londrina recebeu o troféu Top Conexão e a Sociedade Rural representou o Ecossistema Agro, com a participação do diretor comercial Luiz Roberto Ferrari.  O Troféu Conexão foi pelo potencial empreendedor e de inovação de Londrina nas áreas do agronegócio, metalmecânico, químico/materiais, TI e construção civil, já mapeadas pela Fundação Certi contratada pelo Sebrae. Estas áreas têm governanças que integram diversos setores como academia, governo e mercado (tríplice hélice), além da sociedade civil organizada, que são responsáveis pela aceleração do processo de desenvolvimento de inovação e tecnológico da cidade. Se juntam a eles o Hub de Inovação do Turismo, O Fórum Desenvolve Londrina, dois Arranjos Produtivos Locais (APLs de TIC e Audiovisual), além de um economia criativa bastante promissora.